Urbs passará a usar 80% da frota de ônibus a partir de segunda-feira (25), em Curitiba


O número de passageiros transportados, no entanto, ainda está muito abaixo dos períodos de normalidade – cerca de 260 mil por dia, contra 756 mil ao dia de antes da pandemia do coronavírus.

A previsão inicial da Urbs é de um aumento de cerca de 20% no fluxo de pessoas no sistema de transporte da capital com a possível reabertura dos shoppings.

Um apelo que a prefeitura tem reiterado é para que os idosos, que são grupo de risco da Covid-19, evitem usar os ônibus. O movimento diário de passageiros da terceira idade no sistema está em cerca de 17 mil.

Para evitar aglomeração, a Urbs tomou uma série de medidas no transporte coletivo. Os ônibus das principais linhas só podem sair dos terminais com lotação máxima de 50%.

Todos os terminais têm marcações para que os passageiros mantenham uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre si e há distribuição de folders com orientações sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, necessidade de manter o distanciamento e as janelas abertas nos veículos.

Fiscais e agentes da Guarda Municipal fazem o trabalho de orientação, que ganhou também o apoio do Exército desde 14 de maio.

A força tarefa está concentrada entre 5h30 e 8h30 nos principais terminais: Pinheirinho, Santa Cândida, Cabral, Centenário de Boqueirão.

No fim do dia, entre 16h30 e 19h30, a fiscalização será nas estações-tubo nas praças Carlos Gomes, Rui Barbosa e na estação Central.


Fonte/Referência: G1

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa