‘Hospitais estão sobrecarregados’ por covid-19, diz Ministério da Saúde


Brasil tem 9.897 mortes e 145.328 casos confirmados de covid-19
Eduardo Anizelli/ Folhapress – 16.4.2020
Cleusa Bernardo, secretária substituta de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, afirmou nesta sexta-feira (8) que os hospitais do Brasil "estão sobrecarregados com os atendimentos" e, por isso, a Pasta tem enfrentado dificuldade para divulgar o número de leitos de UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) disponíveis para os pacientes com covid-19 em estado grave. 


Durante entrevista técnica no Palácio do Planalto, no entanto, ela antecipou que na semana que vem o órgão deve anunciar um painel para que as pessoas possam acompanhar a oferta de unidades em tempo real. O projeto conta com o apoio das Superintendências Regionais de Saúde. 


"Os hospitais estão sobrecarregados nos atendimentos. Os hospitais não têm tempo de preencher essas informações para nós. Nós estamos trabalhando com essas superintendências regionais para que a gente possa obter os dados. A partir da semana que vem, nós vamos divulgar um painel para que todos possam acompanhar o número de leitos", disse a secretária substituta.


<a href="https://noticias.r7.com/saude/covid-19-saude-amplia-oferta-e-habilita-116-novos-leitos-de-uti-08052020"><strong>Hoje, o Ministério da Saúde habilitou 116 novos leitos de UTI para reforçar o atendimento de pacientes com covid-19 em quatro estados brasileiros</strong></a>. Os entes federativos beneficiados pela medida foram o Amapá (22 leitos), Rio de Janeiro (42 leitos), Tocantins (42 leitos) e, também, Mato Grosso do Sul (10 leitos).
Ao todo, segundo a Pasta, mais de 3,3 mil vagas de UTI já foram habilitados desde o início da pandemia do novo coronavírus. Os leitos, que são destinados para pacientes em estado grave, têm custo diário de R$ 1,6 mil — dobra do valor pago diariamente, que está próximo de R$ 800.

Fonte/Referência: R7

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa