Cartões do programa Comida Boa começam a ser entregues a partir de segunda-feira (11), em Curitiba

Segundo o Governo do Paraná, o cronograma de entrega em outros municípios fica a cargo de cada prefeitura; ação oferece auxílio mensal de R$ 50 para compra de alimentos. Governo entregará cartão Comida Boa a partir de segunda-feira
A entrega dos cartões do programa Comida Boa, auxílio mensal de R$ 50 oferecido a famílias de baixa renda para compra de alimentos no Paraná, será entregue a partir de segunda-feira (11), em Curitiba.
De acordo com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), na capital, a entrega ocorre entre segunda e quarta-feira (13), obedecendo um cronograma de acordo com a data de nascimento dos beneficiados.
Nos demais municípios do estado, conforme a secretaria, cabe a cada prefeitura definir o cronograma de entrega.
O projeto faz parte de um pacote de medidas sociais anunciadas pelo Governo do Paraná por causa da pandemia do novo coronavírus. O auxílio tem duração de três meses, com possibilidade de prorrogação, e é destinado a famílias em situação de vulnerabilidade social.
Os beneficiados que possuem cadastro no CadÚnico, do Governo Federal, podem consultar a data de entrega e a situação cadastral no programa, pelo site do programa ou ligando para o telefone 0800 200 4150.
Pela manhã, em Curitiba, a entrega ocorre entre 8h e meio-dia. Durante a tarde, a entrega é das 12h às 16h.
Veja o cronograma de entrega para beneficiários de Curitiba:
Segunda-Feira
Manhã: nascidos em janeiro e fevereiro
Tarde: nascidos em março e abril
Terça-feira (12)
Manhã: nascidos em maio de junho
Tarde: nascidos em julho e agosto
Quarta-feira
Manhã: nascidos em setembro e outubro
Tarde: nascidos em novembro e dezembro.
Cartões do programa Comida Boa começam a ser entregues a partir de segunda-feira (11), em Curitiba
Geraldo Bubniak/AEN
Cartão Comida Boa
Conforme a Sejuf, os cartões serão entregues já carreados com o primeiro crédito de R$ 50, para a compra de alimentos. Ao retirar o cartão, o beneficiário deve cadastrar uma senha, que será usada ao realizar a compra dos alimentos, nos estabelecimentos cadastrados.
Em Curitiba, de acordo com a secretaria, 91,4 mil famílias serão beneficiadas, sendo 76,2 mil inscritos no CadÚnico, e 15 mil microempreendedores individuais, além de trabalhadores informais.
Os beneficiários poderão usar o cartão nos 1.158 estabelecimentos credenciados em todo o estado, e a adesão pode ser feita por qualquer comércio de alimentos.
Quem pode receber
O programa limita a dois membros da mesma família o recebimento do vale e abre espaço para que a pessoa provedora de família monoparental, quando apenas um dos pais arca com as responsabilidades, possa requerer o recebimento de duas cotas do auxílio emergencial, independentemente do sexo, se cumprir os requisitos básicos do programa.
É necessário ser maior de 18 anos
O beneficiário não pode ter emprego formal
Renda familiar mensal per capita não pode ser superior a meio salário mínimo ou deve ter renda familiar mensal total que não exceda três salários mínimos.
Não pode ser titular de benefício previdenciário, seguro-desemprego ou programa de transferência de renda, ressalvados os beneficiários do programa Bolsa Família.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.


Fonte/Referência: G1

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa