Delegacias da Mulher atendem normalmente durante o período da quarentena no Paraná

Orientação da Polícia Civil é para que a população mantenha o isolamento domiciliar, mas, em casos urgentes, o atendimento está sendo feito nas unidades. Casos urgentes de violência contra a mulher podem ser registrados normalmente nas delegacias do Paraná
Arquivo RPC
A Polícia Civil informou que as delegacias da mulher continuam trabalhando normalmente com atendimento presencial para casos urgentes. A orientação é para que a população mantenha o isolamento domiciliar, mas em casos urgentes, o atendimento está sendo feito nas unidades.
As denúncias por telefone também permanecem da mesma forma, através do 181.
Boletins de ocorrência relacionados a homicídio, feminicídio, latrocínio, violência doméstica e contra crianças e adolescentes, estupro, sequestro e cárcere privado, roubos de veículos e cargas também podem ser feitos presencialmente nas delegacias.
B.Os pela internet
B.Os de furtos, desaparecimento de pessoa, perda ou extravio de documentos e objetos deverão ser realizados pelo site da Polícia Civil.
Orientações por telefone
A Polícia Civil também oferece atendimento telefônico em unidades especializadas da capital para que a população não precise se deslocar até uma delegacia.
O objetivo do serviço é prestar informações e orientar a população sobre o trabalho de polícia judiciária durante o período de quarentena contra o coronavírus.
Veja mais notícias no G1 Paraná.


Fonte/Referência: G1

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa