Coronavírus: Prefeitura de Maringá determina toque de recolher para evitar contágio

Conforme decreto municipal, medida passa a valer imediatamente. Toque de recolher será realizado das 21h às 5h até o fim da situação de emergência. Ruas ficaram vazias no fim de semana em Maringá
Reprodução/RPC
A prefeitura de Maringá, no norte do Paraná, determinou toque de recolher diário, das 21h às 5h, como medida para conter a propagação do novo coronavírus.
O decreto foi publicado nesta segunda-feira (23) e entra em vigor imediatamente, conforme o texto. De acordo com o documento, quem for flagrado na rua será multado em R$ 300. O valor será dobrado em caso de reincidência.
Conforme o decreto, a circulação das 21h às 5h será permitida apenas para prestadores de serviços essenciais, desde que comprovada a necessidade ou urgência do deslocamento.
O mesmo decreto também suspende, a partir das 20h desta segunda-feira, as atividades na rodoviária de Maringá.
Segundo a prefeitura, a validade da ação restritiva vai durar enquanto durar o estado de emergência do município, decretado no dia 18 de março.
Além dessas medidas, o município determinou o fechamento de todos os comércios. Só podem abrir mercados, postos de combustíveis, farmácias e distribuidoras de água e gás.
Também foi recomendado a suspensão do transporte coletivo intermunicipal. Barreiras sanitárias foram montadas nos acessos à cidade, e agentes estão orientando que as pessoas só circulem entre os municípios se for necessário.
Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.


Fonte/Referência: G1

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa