Chile anuncia toque de recolher para conter casos de coronavírus

Governo anunciou recolhimento da população das 22h às 5h da manhã. País tem 632 casos confirmados e registrou a primeira morte neste sábado (22). Pessoas usam máscaras em vagão de metrô no Chile; governo decretou toque de recolher das 22h às 5h a partir deste domingo (22)
AP Photo/Esteban Felix
O governo do Chile anunciou um toque de recolher das 22h às 5h da manhã em todo território nacional, a partir deste domingo (22).
A medida do presidente Sebastián Piñera visa conter o coronavírus no país, que já registra 632 casos confirmados até a manhã deste domingo. Uma senhora de 83 anos foi a primeira vítima da Covid-19 no país no sábado (21).
“O presidente ordenou a partir de hoje um toque de recolher em todo território nacional das 22h às 5h do dia seguinte”, anunciou o ministro da Saúde Jaime Mañalich em coletiva de imprensa no Palácio de La Moneda.
PANDEMIA: veja quais países já registraram casos da doença
GUIA ILUSTRADO: sintomas, transmissão e prevenção
CORONAVÍRUS: veja perguntas e respostas
Mañalich também anunciou de uma quarentena em Puerto Williams, onde “ninguém entra e sai da localidade”, com exceção de embarcações para manter o abastecimento. A medida começou a valer a partir de meia-noite deste domingo.
Outras medidas
O país tinha um plebiscito marcado para nova Constituição em abril, mas foi remarcado para outubro. A votação era uma demanda dos protestos contra Piñera.
No plano econômico, o presidente anunciou pacote de emergência de US$ 11,7 bilhões em combate a efeitos do coronavírus na economia.
Initial plugin text


Fonte/Referência: G1

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa