Coronavírus: Rússia tem 306 casos, apesar de medidas de contenção


Espaços públicos como parques estão fechados na Rússia por conta da pandemia
Maxim Shipenkov / EFE- 21.3.2020

A Rússia registrou 53 novos casos de infecção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o que elevou o número total para 306, segundo informações divulgadas neste sábado (21) pelas autoridades, que prometeram novas medidas para conter a epidemia.

De acordo com o relatório divulgado pela agência de notícias oficial “Interfax”, quatro pessoas tiveram alta hoje, aumentando para 16 as que foram curadas da Covid-19.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

A agência russa de proteção ao consumidor, Rospotrebnadzor, exigiu hoje o fechamento imediato até segunda ordem de todas as academias, piscinas, parques aquáticos e outras instalações esportivas que possam ser visitadas em massa, como parte das medidas de prevenção.

São Petersburgo sob vigilância

As autoridades de São Petersburgo, onde hoje foram diagnosticados 16 novos casos, alertaram que a cidade tem os meios técnicos para detectar aqueles que violam as regras de quarentena obrigatória imposta àqueles que viajaram para o exterior ou tiveram contato com pessoas doentes.

“Temos mais de 40 mil leitos, e a polícia tem ordens para monitorar aqueles em autoisolamento para que não saiam e transmitam a infecção. Agora podemos detectá-los com as câmaras, mesmo aqueles que têm veículos”, disse o governador da cidade, Alexander Beglov.

Beglov advertiu que a violação da quarentena pode ser punida por lei e pediu aos turistas de toda a Rússia que não viajem temporariamente para São Petersburgo, onde os teatros e cinemas serão fechados e, segundo ele, “não há nada para fazer”.

Enquanto isso, os russos no exterior continuam retornando ao país, segundo a Agência Federal Russa de Transporte Aéreo (Rosaviatsia), citada pela “Interfax”.

Nesta sexta, a agência coordenou com várias companhias aéreas russas as medidas para repatriar cidadãos que permanecem em cerca de 30 países após o fechamento da fronteira ordenado tanto pela Rússia quanto por outros governos.


Fonte/Referência: R7

Matéria Incompleta? Link da Matéria Completa