Como guardar vinho depois de aberto?

Se você não sabe onde ou como guardar aquele vinho que sobrou na garrafa, a gente te ajuda com algumas dicas. Confira! Costuma-se dizer que vinho, desde o surgimento, é uma bebida compartilhada, então é mais que provável que duas pessoas deem conta de uma garrafa, não é mesmo? Mas, dependendo do rótulo, às vezes sobra um pouquinho. Então aparecem as questões: Onde devo armazená-lo? Qual a melhor maneira de fechar e guardar? Vai durar quanto tempo depois de aberto?
Em média, um vinho tinto aguenta um ou dois dias na porta da geladeira, se bem vedado. Uma dica é usar as bombas, que retiram oxigênio, e as rolhas de borracha, facilmente encontradas em lojas de vinhos. Sendo assim, dura até uma semana.
Existem rótulos que se conservam por meses e até anos, caso dos vinhos do Porto, elaborados no Douro, em Portugal, que podem permanecer até um mês abertos. Já os vinhos Madeira, produzidos na Ilha da Madeira, também de Portugal, ficam perfeitos até um ano depois de abertos, saiba o por que. Os franceses doces de Sauternes, em Bordeaux, e os exemplares Late Harvest (colheita tardia) duram entre 15 e 30 dias.
No caso de vinhos brancos e rosés, leves e espumantes, o ideal é abrir e degustar. Os espumantes, em geral, não ficam agradáveis depois de algumas horas, a menos que haja uma tampa específica que vede e segure totalmente o gás. Mesmo assim, deve ser consumido até o dia seguinte da abertura da garrafa.
Como vedar?
Você pode recolocar a rolha com a qual abriu o vinho, exceto em espumantes. Depois de vedado, guarde na porta da geladeira. Porém, uma vez que o vinho foi aberto, ele já passou um período em contato com o oxigênio e, como é um produto vivo, seus aromas e sabores já começaram a “abrir”.
EVITE O CONSUMO EXCESSIVO DE ÁLCOOL


Fonte/Referência: G1